“A família é o primeiro palco onde se estreiam papéis: os que se tornam pais e os que nascem filhos.” Cristina Nogueira da Fonseca

INSCREVER-SE

Duração / Grau ou Diploma conferido / ECTS

100 Horas / PG / 15 ECTS

Direção do Curso

Dra. Cristina Nogueira da Fonseca

Apresentação

Nesta Pós-graduação, são abordadas as especificidades e os modelos de intervenção mais adequados para a intervenção em família consoante os seus desafios, estado e contextos.

Pretendem ainda promover-se competências transversais em diferentes níveis e tipos de intervenção em famílias assim como aprofundar o desenvolvimento emocional e relacional do técnico na humanização da relação, promoção de vínculo, estabelecimento de confiança e empatia com a(s) famílias(s).

Entidades Parceiras ou Certificadoras

 

 

Imagemddd1 

 2

Objetivos

  • Ampliar conhecimentos nos domínios da parentalidade;
  • Aprofundar conhecimento sobre as teorias de desenvolvimento infantil de forma a potenciar a qualidade da intervenção;
  • Aumentar o portfolio de respostas pedagógicas/ferramentas para uma intervenção significativa;
  • Compreender a melhor resposta comunitária/terapêutica para as necessidades da família;
  • Desenvolver conhecimento na definição de um projeto com intenção tanto na sua estrutura como na sua avaliação de eficácia.

Destinatários

  • Psicólogos, Sociólogos, Educadores, Professores, Psicopedagogos, Assistentes Sociais;
  • Técnicos comunitários e outros profissionais qualificados que desempenhem ou pretendam desempenhar funções com crianças, e famílias;
  • Gestores de projetos comunitários.

Corpo Docente

NomeTitulo Académico e/ou Função na Empresa
Cristina Nogueira Da Fonseca  Coordenadora do Projeto Nacional Famílias Felizes, Pós-Graduada em Psicologia Comunitária com especialização em Psicologia Positiva
Cláudia Fernandes Educadora Social, Terapeuta Familiar, Diretora Técnica CAFAP desde 2004
Jordana Pinto Cardoso Psicóloga especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, Assistente de investigação em Psicologia do Desenvolvimento no ISPA
Ana Oliveira Psicóloga, com especialização em psicologia do Desenvolvimento, Terapeuta familiar e de casal
Marta Pimentel Martins Psicóloga Clínica, Terapeuta de Casal e Familiar e interventora sistémica, Mediadora de Conflitos
Isabel Oliveira Mediadora Familiar com especialização em comunicação, gestão de emoções e PNL
Ana Cláudia Mirrado Psicóloga com especialização em Psicologia da Educação, Coordenadora de projetos sociais e comunitários
Vânia Beliz Psicóloga especialista em psicologia clínica e da saúde, Mestre em sexologia, Doutoranda em estudos da criança, especialidade em saúde infantil na Universidade do Minho
Leila Costa Psicopedagoga e Psicóloga Clínica. Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Experiência em contexto clínico e de intervenção comunitária

Plano de Estudos

MódulosHorasECTS
Psicologia Positiva - - A Metodologia da Educação para a Felicidade 14  2
Introdução aos estudos da família 7 1
Parentalidade Positiva, consciente e vinculação no trabalho com pais 12 2
Sistema Interno do profissional no trabalho com as famílias 7 1
Mediação Familiar – fundamentos 7 1
Terapia Familiar – fundamentos 7 1
Terapia Conjugal – fundamentos 7 1
Educar para a sexualidade: da infância à adultez 12 2
Programas internacionais de intervenção e ação na parentalidade e na família - Introdução ao projeto final 14 2
Construção, Gestão e avaliação de eficácia de projetos 7 1
Projeto de impacto social direcionado a famílias ou comunidades 6 1
Total 100 15

Data de início da Próxima Edição

Consulte aqui a data da próxima edição.

Local

ISLA Leiria

Horário

Quinzenal:

  • Sábado das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Investimento

Emolumentos:

Consulte aqui toda a informação adicional referente aos emolumentos e propinas.

Propina: 1.498,00€ (214€ x 7 prestações mensais).

Protocolos para redução de propinas

Consulte aqui as entidades protocoladas para redução de propinas.

Vagas

25 (O instituto reserva-se o direito de não por em funcionamento cursos ou turmas em que não haja contingente mínimo de inscrições considerado suficiente (12 alunos). Neste caso, o Instituto obriga-se a devolver as importâncias recebidas dos candidatos).

   ACESSO
Saiba mais